Edição:
1
Janeiro / Fevereiro
2015

Omni-channel: admirável varejo novo!

 

Você já imaginou um mundo onde você poderá comprar o que quiser, onde quiser (on-line ou off-line) e da forma que desejar (pessoalmente ou pelo computador, tablet ou celular)? E não é só isso. Nesse novo cenário, tudo estará integrado por novas tecnologias, para melhor atender o consumidor, de forma que as ofertas valerão on-line e off-line, o pagamento será simples e a entrega será feita em domicílio. Caso você deseje ainda mais: ao comprar roupas, por exemplo, seja em lojas físicas ou on-line, você terá a seu dispor novas técnicas que facilitarão a escolha.

Pois bem: tudo isso já é realidade em alguns países, como Estados Unidos e Inglaterra. Agora, esse movimento começa a ganhar força no varejo global, embora o nosso varejo ainda esteja um pouco atrasado. Trata-se do conceito omni-channel, ou multicanal, que consiste em servir o cliente onde e como ele quiser, acabando com as barreiras que ainda existem entre os canais on-line e off-line. Novas tecnologias estão surgindo para unir as vantagens das lojas físicas e do comércio eletrônico em um novo tipo de serviço global que contribui para reduzir os custos e aumentar a satisfação do cliente. Esse tema é relativamente novo e nasceu a partir de uma pesquisa realizada pela National Retail Federation (NRF), entre 2010 e 2011, com o objetivo de analisar o impacto do uso do aparelho celular no processo de decisão de compra. O estudo apontou um novo desenho de canais, que deu origem ao termo omni-channel. Desde então, o tema vem sendo abordado no congresso anual que a NRF realiza no início de janeiro, em Nova York.

Por enquanto, as grandes redes varejistas estão sendo as mais beneficiadas pelo omni-channel, mas os especialistas acreditam que, em breve, os pequenos e médios varejistas também sairão ganhando com o novo conceito.

Nas páginas que se seguem, pela primeira vez no Brasil, reunimos um conjunto impressionante de entrevistas e artigos que descrevem tudo o que está sendo feito no varejo global e retratam as primeiras experiências conhecidas em nosso país. A história da Ultrafarma, por exemplo, é mais uma demonstração da extraordinária capacidade competitiva do varejo brasileiro. Ainda assim, a maioria dos exemplos ainda vem de fora. Logo, nesta edição especial, não poderíamos deixar de citar dois deles: o primeiro é a rede de lojas de moda Hointer, cuja história é contada por sua fundadora, Nadia Shouraboura, em uma entrevista exclusiva; o segundo exemplo é o Alibaba, do empreendedor chinês Jack Ma, que construiu um sistema que integra, em um único canal, on-line, todos os fabricantes e comerciantes chineses de tudo que você possa imaginar ou precisar. Fizemos uma experiência para comprovar o funcionamento do canal: solicitamos uma seleção de ofertas de bicicletas infantis e recebemos nada menos que 27.800 opções, organizadas de forma a facilitar a nossa escolha.

Enfim, parece que o mundo do varejo nunca mais será o mesmo. Daqui em diante, as estratégias das grandes e pequenas redes varejistas deverão basear-se no uso cada vez mais intenso da tecnologia, na mudança de hábito do consumidor e em uma nova realidade que supera as antigas diferenças entre o varejo on-line e off-line. A Revista da ESPM sente-se orgulhosa por mais esta contribuição que presta aos varejistas e ao mundo dos negócios.

Francisco Gracioso
Presidente do Conselho Editorial

Entrevistas

Da ficção à realidade
Nadia Shouraboura

Desembarque na terceira plataforma
Leslie Hand

É preciso sentir a dor de dono
Hugo Rodrigues

 

Artigos

O caminho da compra: a importância do estudo do shopper no mercado atual

O que muda no varejo com a “Revolução On & Off-line”?

Integração de canais: a fórmula que dá poder ao omni-channel

Os mil e um canais de vendas do Alibaba

A multicanalidade no varejo: mais conveniência e poder para o consumidor

Ultrafarma: o primeiro case de omni-channel do Brasil!

Mobile commerce: a próxima revolução do e-commerce

Não confunda estratégia de vendas com logística integrada!

One-stop shop: a evolução do multicanal

Estamos em um caminho sem volta: o varejo nunca mais será o mesmo!

Agora, a gestão do varejo pode estar na palma da sua mão!

O varejo do futuro chegou!

Consumidor no comando, bom para a logística!

A internacionalização do varejo brasileiro

Bimestral

Publicações Avulsas

  • Edição:
    5
    Setembro / Outubro

    2015

    R$32,00
  • Edição:
    4
    Julho / Agosto

    2015

    R$32,00
  • Edição:
    3
    Maio / Junho

    2015

    R$32,00
  • Edição:
    2
    Março / Abril

    2015

    R$32,00